• Breno Berman

Como vender mais na Black Friday em 2 passos

A Black Friday 2022 será na sexta, dia 25 de novembro, mas a organização começa agora!

O planejamento e a organização farão a diferença no funcionamento contínuo da loja online durante a Black Friday. Para ajudar nessa etapa, invista em ferramentas com funcionalidades úteis – por exemplo, uma plataforma de inteligência artificial com alertas automáticos sobre as mudanças de padrões no e-commerce.


O planejamento e a organização farão a diferença no funcionamento contínuo da loja online durante a Black Friday.


Ou, ainda, que antecipe ações por meio de análises precisas baseadas nos dados da sua loja que se transformam em informações relevantes para melhorar o seu faturamento. Esse preparativo pede por um sistema que ofereça uma visão geral da sua operação, mantendo atenção nos detalhes importantes e que auxilie nas ações que se relacionam com as tendências do e-commerce.


Tenha visão 360° da sua operação

Uma operação que conta com todas as suas fontes de dados integradas oferece uma visão 360º do funcionamento do negócio, com as principais informações centralizadas em um único lugar. É um modo de facilitar o acesso para aquele momento em que é preciso olhar o todo para interpretar a saúde do negócio. É o recurso ideal para lidar com imprevistos em um período movimentado como a Black Friday. Por meio de ferramentas e plataformas integradoras, você acessa os dados e as informações importantes em tempo real, com clareza e rapidez.


Para se ter uma ideia, esse tipo de visão permite integrar uma análise de estoque e de comportamento de compra, resultando em uma campanha assertiva – dá até para criar campanhas de cross sell para bater metas diárias. Além dos resultados positivos nas campanhas, é possível driblar os problemas logísticos, já que, por meio de informações integrativas, conta-se com uma visão real do estoque.


Esse acesso prático é importante para as tomadas de decisão antecipadas, impedindo que um problema se estenda e atrapalhe as vendas. Para completar, é um modo de elaborar estratégias com análises pontuais e conectadas com os principais indicadores do e-commerce. Assim, a oportunidade surge a partir do reconhecimento dos padrões no comportamento de compra.


Utilize as tendências ao seu favor

Na Black Friday, use as tendências do varejo online para ajudar a impulsionar suas vendas, como social commerce, live commerce, collabs e ações com influenciadores. Elas são importantes para aumentar a visibilidade da marca e dos produtos.


O UOL realizou um levantamento sobre as oportunidades da Black Friday 2022 e constatou que 57% dos consumidores declararam que as lives ajudam a comprar produtos com bons descontos. Na edição do Prime Day, a Amazon chegou a criar um estúdio para a transmissão de lives com parceiros e influenciadores.


Tais tendências são, direta e indiretamente, responsáveis pela experiência de compra do cliente, que é um dos grandes motivos para que a compra seja finalizada. Segundo a consultora Wunderman Thompson, 74% dos consumidores afirmaram que a experiência de compra precisa melhorar. Por isso, investir em ações e canais que ofereçam uma experiência única é essencial para vender mais no maior evento do varejo do país. Isso inclui, é claro, promoções reais.


Porém, para tirar proveito desses recursos, é preciso ter uma leitura completa das vendas da sua loja online e quais as metas para a Black Friday. Por isso, é importante começar hoje mesmo as análises sobre o funcionamento do seu e-commerce, para compreender quais são as oportunidades a serem exploradas antes e durante o evento, além de quais situações precisam ser resolvidas para não atrapalharem as vendas. É também o momento de entender quais produtos merecem e podem entrar em promoção, causando impacto positivo nos clientes que, satisfeitos, tendem a comprar.


Siga os próximos passos e coloque em prática o que leu neste artigo

1. A Black Friday 2022 acontece no mês de novembro, mas a organização para o dia das superpromoções começa já. Use esse momento para entender mais a fundo o seu e-commerce e o funcionamento com os clientes. 2. Invista em uma plataforma de inteligência artificial que lhe forneça uma visão 360º do negócio. Assim, você acessa os dados de modo granular, com especificidades importantes para o desenvolvimento das estratégias. 3. Use as tendências a seu favor, como a divulgação por meio de live commerce, social commerce, entre outros. E aproveite a tecnologia para elaborar o mapeamento de campanhas, auxiliando na escolha de em quais canais investir.

8 visualizações0 comentário

Acompanhe as tendências do nosso mercado

Gostou dos nossos artigos? A Biso te ajuda a transformar tudo isso em realidade!
Fale com o nosso time de especialistas